Arquivo da categoria: Devaneios

Quem você é e quantos vocês são?

Você já pensou em se registrar no Culinária Masculina?

Em nenhum momento da vida deste livro de receitas foi solicitado aos leitores qualquer tipo de cadastro ou registro. Até mesmo para comentar as receitas e lições.

Estive pensando em questioná-los quanto a um suposto pedido de registro. Certa vez eu até cheguei a colocar o atalho para a página de registro de usuários no menu principal do site. Até surtiu algum efeito, e alcançamos um pico de 3 usuários cadastrados. Infelizmente, perdemos todos os registros de usuários depois de passarmos por extremas dificuldades de atualização do mecanismo que este site utiliza. Mas isso já foi resolvido e até posso afirmar que a recuperação foi um processo consideravelmente transparente aos leitores.

Continue lendo

Intrigante…

Gauss sabia cozinhar?

Carl Friedrich Gauss, um dos matemáticos mais importantes e prolíficos de todos os tempos, nasceu em Braunschweig (cujo nome é mais difícil de se falar do que obter a solução de um sistema de 7 variáveis por Eliminação de Gauss), Alemanha no dia 30 de abril de 1777. Gauss foi reconhecido como um prodígio na escola primária, em parte por causa da sua hoje famosa solução para o problema 1 + 2 + … + 100, que ele obteve notando que a soma poderia ser representada como 50 pares de números, cada um deles somando 101. Gauss freqüentou a Universidade de Göttingen de 1795 a 1798, onde ele fez importantes descobertas. Ele recebeu o grau de doutor da Universidade de Helmstedt, escrevendo a sua dissertação em que apresenta o hoje conhecido como o Teorema Fundamental da Álgebra (toda equação polinomial tem uma solução complexa). Este resultado, junto com muitos outros na Teoria dos Números foi publicado no seu livro Disquisitiones Arithmeticae (Investigações em Aritmética, cujo nome é mais fácil se comparado com o tal sistema acima mencionado) em 1801, um dos livros matemáticos mais importantes e famosos já escritos.

Em 1807, Gauss foi designado professor de matemática e diretor do observatório de Göttingen, cargos que ele ocupou durante o resto de sua vida.

Ele teria criado a teoria para o “desfoque gaussiano” do Photoshop?

A amplitude das contribuições de Gauss para a matemática é extraordinária. Estas incluem resultados fundamentais na teoria dos números, equações diferenciais, séries infinitas, séries cônicas, integração numérica, funções hipergeométricas, geometria diferencial, geometria não-Euclidiana, álgebra linear, e teoria potencial. As descobertas matemáticas foram feitas geralmente para resolver problemas em física onde a lista de assuntos que, influenciados fortemente por Gauss, é igualmente impressionante: astronomia, eletricidade, magnetismo, ótica, e geodésia.

Em probabilidade e estatística, Gauss é famoso pelo desenvolvimento do Método dos Mínimos Quadrados e pela descoberta da distribuição normal, agora também conhecida como a distribuição Gaussiniana em sua honra (metido ele, não?).

Gauss foi eleito Companheiro da Sociedade Real em 1804, e recebeu a Medalha de Copley da sociedade em 1838. Até uma cratera na lua leva o nome de Gauss (como se já não bastassem o total de teorias…). Gauss morreu no dia 23 de fevereiro de 1855 em Hanover, Alemanha, nada constando sobre seus dotes culinários.

Conclusão: Ao menos não se conhece qualquer “bife ao molho gaussiano” ou “macarronada gaussiana”.

Tropeços na História

Ainda que Matemática e Culinária são irmãs consanguíneas…

Sobre o último texto que escrevi sobre as semelhanças entre a ciência da Matemática e da Culinária, ainda tenho explanações a fazer…

No meio da aula de Cálculo Numérico Computacional tive um espasmo cerebral (daqueles que dão de 5 em 5 anos) e me veio a seguinte pergunta:

Newton (da temida dupla Newton-Raphson, que nos faz encontrar zeros de funções de um jeito assustador) era o mesmo Isaac, cujo cucuruto ficou famoso após descobrir a gravidade, que era o mesmo Isaque filho de Abraão e pai de Jacó?

Acho que dei um trupicão no tempo…