Estamos em ano de Copa, você já sabe… E diferentemente do jargão de todas as emissoras de televisão, “Copa do Mundo é na” ALEMANHA! O Culinária Masculina esteve na Alemanha (mesmo que virtualmente) e observou alguns dos pratos mais famosos e mais característicos desta nação.

ingredientes

  • 1 repolho grande;
  • 2 xícaras (de chá) de água;
  • 1 colher (de chá) de sal;
  • 3 colheres (de sopa) de óleo;
  • 1 ou 2 dentes de alho;
  • 2 cebolas médias;
  • 1 colher (de café) de pimenta-do-reino;
  • 2 folhas de louro (claro, na Alemanha só tem louro mesmo [infâme]);
  • 12 cravos;
  • ½ de xícara (de chá) de açúcar;
  • 1 gengibre pequeno esmagado;
  • 2 xícaras (de chá) de vinho branco seco ou vinagre (prefira o vinho);
  • ½ de xícara (de chá) de farinha de trigo;
  • 1 xícara (de chá) de creme ácido (não faço idéia onde você pode encontrar isso).

Dica: Após essa enxurrada de ingredientes, ou você desiste ou racha o preço com o pessoal do escritório.

modo de preparo

  • corte o repolho em tiras pequenas;
  • em uma panela, coloque a água e o sal e deixe o repolho aferventando;
  • à parte, faça o refogado com o óleo, o alho esmagado, e as cebolas picadas;
  • quando as cebolas começarem a dourar (o que não demora muito tempo), acrescente a pimenta-do-reino, o louro, os cravos, o açúcar e o gengibre;
  • junte o vinho (ou vinagre), a farinha de trigo e o creme ácido e misture com o repolho aferventado e escorrido.

Rendimento: Essa receita é pra render 6 porções (ou seja, para 6 pessoas). No entanto, se você convidar o Fonseca, evite chamar mais do que 4 amigos.

Na Alemanha, o Sauerkraut (como é conhecido o Chucrute por lá) acompanha salsichas ou costeletas de porco. Fato este que é bastante interessante, haja visto que caso o caro leitor pode não ter gostado da receita, optando por ficar apenas com as salsichas ou costeletas de porco.