Culinária Masculina

Tudo aquilo que o homem sempre quis saber sobre aquele cômodo cheio de azulejos que não é o banheiro...

Descascando uma Laranja (Parte 1)

Acho que devo desculpas aos caros leitores. Primeiro por estar escrevendo sobre um assunto tão ridículo quanto qualquer outro que eu tenha anteriormente escrito, e segundo por imaginar que o caro leitor não sabe descascar uma mísera laranja.

Antes de mostrar tal procedimento, devo antes explicar o motivo de tal tema. Primeiro detalhe, eu sou ambidestro (vulgarmente chamado de ‘canhoto’) e isso justifica o segundo detalhe: sou descordenado. Na verdade não sou ambidestro, sou sinistromano, mas mesmo assim continuo descordenado. Logo, uma faca na minha mão é praticamente um gatilho na mão de um homem-bomba. Terceiro detalhe: minha experiência com laranjas é mínima, de tal modo que eu não sei descascar laranjas a não ser do jeito que explicarei aqui.

Existem basicamente dois jeitos (que eu conheço) de descascar uma laranja.

Descasque convencional

O corte é iniciado no topo da laranja. Tirando uma lasca inicial, o sujeito deverá ir girando a laranja e descendo a faca até que a laranja acabe. Este descasque também é conhecido por Descasque estilo mãe, onde ela descasca a laranja até 3/4 do total, corta uma tampa na parte superior e te dá pra chupar.

A principal vantagem deste corte é o fato de se tratar de um corte relativamente rápido.

A desvantagem fica por conta da complexidade aos ambidestros (os quais geralmente são descordenados para descer a faca e girar a laranja ao mesmo tempo) e o fato de infelizmente sobrar muito da parte branca e amarga da casca da laranja, fora, é lógico, os 3/4 de laranja praticamente desperdiçados no procedimento.

(continua)

« »

© 2017 Culinária Masculina. Theme by Anders Norén.